Direitos das crianças – Direito a ser feliz

Fevereiro 13th, 2017
#Direitosdascrianças #FJGJ 
Segundo Edward Hallowell, psiquiatra infantil, a felicidade e o sucesso conquistados ao longo da vida podem ser promovidos pelos pais em todos os momentos que partilham com os seus filhos e pelos professores, que dedicam grande parte do seu tempo a formar hoje os adultos de amanhã.
 
Para tornar o seu filho ainda mais feliz, vamos deixar-lhe algumas brincadeiras, que fazem pensar, rir, conversar, partilhar. São momentos em família.
 
Carrinho de mão
Enquanto a criança coloca as mãos no chão, com os braços estendidos, o adulto (ou outra criança) levanta suas pernas e empurra, como se fosse um carrinho de mão.
 
Telefone sem fio
As crianças devem ficar em círculo ou enfileiradas. A primeira cria uma mensagem e fala no ouvido da próxima. A mensagem vai passando adiante, cada um dizendo aquilo que entendeu. O último participante deve dizer, em voz alta, o que ouviu. Se estiver correto, o criador da mensagem vai para o fim.
 
Boliche
Faça os pinos com garrafas pet, cheias até a metade. Depois, com uma bola, o jogador deve tentar derrubá-las. Em cada rodada, o participante pode tentar duas vezes.
 
Bolas de sabão
Misture duas colheres de sopa de detergente em um copo de água. Mexa bem e com uma palhinha sopre. Quanto mais devagar a criança soprar, maior ficará a bola de sabão
 
Futebol de botão
Este jogo tem as regras similares ao futebol de campo, mas é possível criar suas próprias regras a cada partida. Com botões ou tampinhas de garrafas, é preciso chegar ao objetivo: o golo.
 
Dança das cadeiras
Separe algumas cadeiras, de acordo com o número de pessoas, menos um. Em uma fila indiana, os participantes devem circular pelas cadeiras, com as mãos para trás e ao som de uma música. Quando a música parar, elas devem se sentar na cadeira mais próxima. Quem ficou de pé é eliminado e uma cadeira deve ser retirada. Vence quem sentar na única cadeira que restar.
 
Casinha
Essa brincadeira pode ser feita em qualquer espaço e com diversos tipos de brinquedos, como bonecas. As crianças representam os papéis sociais e podem invertê-los, por exemplo, uma é mãe e a outra a filha e vice-versa.
 
Upa, upa, cavalinho
Sente-se numa cadeira. Cruze as pernas e sente a criança em cima de seus tornozelos. Segure suas mãos enquanto move suas pernas para cima e para baixo, cantando “upa, upa, cavalinho”.
 

Comentários RSS

Deixe um Comentário

Name (required)

Email (required)

Website

Comentário